O NOSSO

AGRUPAMENTO

EDUCAÇÃO
ESPECIAL

Aristides de Sousa Mendes

Um pouco de História

O Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal foi criado em 25 de julho de 2010, por despacho do Sr. Secretário de Estado. O Agrupamento de Escolas resultou da agregação do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal, do Agrupamento de Escolas de Cabanas de Viriato e da Escola Secundária de Carregal do Sal.

Ficou determinado que a Escola-sede passaria a funcionar na Escola Secundária de Carregal do Sal. Foi também criada uma Comissão Administrativa Provisória, que teve por missão instalar o novo Agrupamento.

Em 15 de julho de 2011, tomou posse o primeiro diretor do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal, Hermínio Marques, que terá a seu cargo a gestão do agrupamento durante o quadriénio de 2011-2016.

Nuno Álvares Pereira

HORÁRIOS DE ATENdimento

SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS

De segunda a
sexta feira

8h30 - 16h30

Papelaria

De segunda a
sexta feira

08H30 - 12h00
14h00 - 16h00

Biblioteca

De segunda a
sexta feira

08h30 - 17h30

Refeitório

De segunda a
sexta feira

12h00 - 14h00

Bufete dos alunos

De segunda a
sexta feira

8h15 - 12h00
14h00 - 16h45

ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO

Órgãos

PRESIDENTE DO CONSELHO GERAL
Cristina Maria dos Santos Gomes Borges
REPRESENTANTES DO PESSOAL DOCENTE
Cristina Maria dos Santos Gomes Borges
Augusto de Albuquerque Mendes
Maria Clarinda Soares Pessoa
Maria Paula Castro Silva Graça Cruz
Elisa Margarida Rodrigues Campos de Morais
REPRESENTANTES DO PESSOAL NÃO DOCENTE
Manuela Maria Fernandes Pais Soares
REPRESENTANTES DOS ALUNOS
Pedro Jorge Marques Figueiredo
REPRESENTANTES DOS PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO
Cátia Marisa Correia Mendes
Ana Lúcia Brinca de Andrade
Ana Catarina Abrantes gomes
REPRESENTANTES DO MUNICÍPIO
Paulo Jorge Catalino de Almeida Ferraz
Maria Isabel Ferreira Antunes d´Azevedo da Silva
REPRESENTANTES DA COMUNIDADE LOCAL
Vasco Jorge Matias Antunes de Almeida
DIRETORA
Maria João Rodrigues Neves Veloso Marques

 

O novo Conselho Geral tomou posse em 15/12/2020 e foi eleita a docente Critsina Maria dos Santos Gomes Borges para presidente deste orgão.

DIRETORA:
Maria João Rodrigues Neves Veloso Marques

SUBDIRETOR:
José Rui Campos Fidalgo

ADJUNTOS DO DIRETOR:
Aldina Maria Leitão Carvalho
Carlos Alberto Faro Martelo Magalhães
Dina Maria Fernandes Linhares

Aldina Maria Simão Nobre

Anabela Figueiras Santos Batista

Anabela Gomes Alves

Anabela Painçal Santos Figueiredo

António Óscar Almeida e Paiva

Célia Maria Gomes Alves Cortez

José Eduardo Almeida Rodrigues

Ana Lemos Rodrigues

Maria Cristina Silva Gonçalves Sousa

Teresa Rebelo

Maria DE Fátima Monteiro

Maria Filipa Neto Neves

Maria Nazaré Sousa Leite Mendes Brito

Mário José Andrade Bastos

Aldina Santos Sobral

Maria João Rodrigues Neves Veloso Marques

PRESIDENTE:
Maria João Rodrigues Neves Veloso Marques

VICE-PRESIDENTE:
Carlos Alberto Faro Martelo Magalhães

SECRETÁRIA:
Alexandra Maria Teresa da Maia Martins e Cláudio

Estruturas

2º CICLO
Maria Nazaré Sousa Leite Mendes Brito

3º CICLO
Anabela Figueiras dos Santos Batista

ENSINO SECUNDÁRIO

Maria Cristina Silva Gonçalves Sousa

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR:
Teresa Maria Pereira Rebelo
DEPARTAMENTO DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO
Maria Elisa Ribeiro Borges
DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS
Anabela Painçal Santos Figueiredo
DEPARTAMENTO DE PORTUGUÊS
Anabela Gomes Alves
DEPARTAMENTO DE MATEMÁTICA
Maria Filipa Neto Neves
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS
António Óscar Almeida e Paiva
DEPARTAMENTO DE EXPRESSÕES E TECNOLOGIAS
José Eduardo Almeida Rodrigues
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXPERIMENTAIS
Ana Cristina Lemos Rodrigues
DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO ESPECIAL
Maria de Fátima Ferreira Monteiro

BIBLIOTECA ESCOLAR

       A Biblioteca Escolar é uma estrutura que gere recursos educativos imprescindíveis a todo o processo de ensino-aprendizagem e estrutura as suas intervenções em torno das metas identificadas como prioritárias no Projeto Educativo, procurando articular as suas atividades com o trabalho a desenvolver pelas várias estruturas de orientação educativa.
A Biblioteca Escolar desenvolve ações no âmbito dos seguintes domínios:
 
A – Currículo, Literacias e Aprendizagem
B – Leitura e Literacia
C – Projetos e parcerias
D – Gestão da Biblioteca Escolar
 
 BIBLIOTECAS DO AECS
 
Escola Sec. de carregal do Sal
Escola Básica de Carregal do Sal
Escola Básica Aristides de Sousa Mendes
Escola Básica Nuno Álvares
 
 HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO
 
De segunda a sexta
08h30 às 17h30
 

LIGAÇÕES ÚTEIS

 

Coisas de Biblioteca Blogue das Bibliotecas Escolares
RBE
– Rede das Bibliotecas Escolares

 

Últimas notícIas em Biblioteca Escolar

SPO

Serviço de Psicologia e Orientação

O SPO e o Projeto Carregal Educa partilham algumas das suas iniciativas em prol da saúde e bem-estar no Agrupamento:

  • Psicoliteracia
  • Programa de Competências Sócio-emocionais
  • Programa de Redução da Ansiedade
  • Estudos de caraterização e despiste do bem-estar emocional
  • Sessões de capacitação para alunos, pessoal docente e não docente
  • Orientação Vocacional
  • Aconselhamento Parental
  • Avaliação psicológica e neuropsicológica
  • Intervenção/acompanhamento individualizado

Siga-nos nas redes sociais:

Últimas notícIas em SPO-Carregal educa

EMAEI - Equipa Multidisciplinar de Apoio à
Educação Inclusiva

Decreto-Lei-n.54-2018-de-6-de-julho.pdf

Lei-n.-116-de-2019-de-13-de-setembro.pdf

Manual-de-Apoio-a-Pratica.pdf

Mod. 01EMAEI_Identificacao da necessidade de medidas.docx

Mod. 01EMAEI_Identificacao da necessidade de medidas.pdf

O que é o EQAVET ?

O EQAVET (acrónimo de European Quality Assurance Reference Framework for Vocational Education and Training, em português Quadro de Referência Europeu de Garantia da Qualidade para a Educação e Formação Profissional), estabelecido pela Recomendação do Parlamento e do Conselho, de 18 de junho de 2009 (substituída pela Recomendação do Conselho, de 24 de novembro de 2020, sobre o ensino e a formação profissionais em prol da competitividade sustentável, da justiça social e da resiliência), é o instrumento de referência para promover e monitorizar o aperfeiçoamento dos sistemas europeus de ensino e formação profissional (EFP).

O EQAVET salienta o papel de uma cultura da melhoria da qualidade e da responsabilidade ao nível dos sistemas e dos operadores EFP.

Atribui um papel determinante à autoavaliação sistemática e compreende mecanismos de avaliação interna e de avaliação externa que devem ser definidos pelos Estados Membros.

 

Decreto-Lei-n.54-2018-de-6-de-julho.pdf

Lei-n.-116-de-2019-de-13-de-setembro.pdf

Manual-de-Apoio-a-Pratica.pdf

Mod. 01EMAEI_Identificacao da necessidade de medidas.docx

Mod. 01EMAEI_Identificacao da necessidade de medidas.pdf