Webmaster

Webmaster

No passado dia 29 de abril, comemorou-se o Dia Internacional da Dança, na EB Aristides Sousa Mendes, ao som da música “Jerusalema”. A apresentação resultou do trabalho realizado pelos alunos do 2º e 3º ciclos nas aulas assíncronas de educação física. Posteriormente, com o regresso às aulas presenciais, no 3º período, houve um trabalho colaborativo entre as diversas turmas, que resultou numa apresentação final que encantou alunos, professores e auxiliares deste estabelecimento de ensino.

A todos se agradece o envolvimento, o apoio e a disponibilidade, que fizeram desta uma atividade a lembrar.

No âmbito do projeto Erasmus+ KA229 “Human Right (to take action)”, as turmas 8.ºB e 8.ºC participaram num workshop sobre Direitos Humanos, ministrado pela GNR, nos dias 26 e 27 de abril. Os/As alunos/as definiram Direitos Humanos, falaram sobre discriminação racial, práticas discriminatórias e tipos de discriminação e abordaram o princípio da igualdade.

Também no âmbito do projeto Erasmus+ KA229 “Human Right (to take action)”, as turmas 10.º A e 10.º B de Economia A participaram no workshop sobre Direitos Humanos, ministrado pela GNR, no dia 4 de maio. Os presentes definiram Direitos Humanos, contextualizou-se o nascimento da Declaração Universal dos Direitos Humanos, falaram sobre discriminação racial, práticas discriminatórias e tipos de discriminação e abordaram o princípio da igualdade. O cabo Ricardo Sousa cativou a atenção dos presentes pois a teoria foi acompanhada por exemplos ilustrativos do nosso quotidiano.

Foram sessões muito participadas, tendo os/as alunos/as colocado várias questões sobre a temática.

Procedimento concursal comum de recrutamento para a contratação em regime de contrato a termo resolutivo para a carreira e categoria de assistente operacional, tendo em vista a constituição de reserva de recrutamento, para assegurar necessidades transitórias.

Código BEP: OE202105/0243


 

Edital.pdf

Ata n.º 1.pdf

Aviso de Abertura Integral.pdf

 


 

No âmbito do projeto Erasmus+ sobre os Direitos Humanos, em que o AECS se encontra a participar em conjunto com uma escola dos Países Baixos, as turmas envolvidas neste projeto criaram logótipos alusivos ao tema. Os trabalhos apresentados foram posteriormente alvo de votação na turma, tendo sido escolhido um logótipo por turma.

Estes trabalhos encontram-se agora em fase de votação pública, pelo que se solicita que participem na escolha do logótipo que irá representar o projeto.

A votação estará aberta até dia ao dia 10 de maio. Não deixe de votar no seu favorito: 

 

> VOTE AQUI ! <

 

A 29 de setembro de 2010, abria a primeira Unidade de Ensino Estruturado (UEE) do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal, numa das salas da E.B.1 de Fiais da Telha. A UEE começou por ser  frequentada por 4 alunos com Perturbações do Espetro do Autismo (PEA).

terça, 04 maio 2021 09:28

DIA da MÃE

Mãe, voltei à escola depois de ter estado confinado devido à pandemia.
Agora, voltei para aprender a desenvolver capacidades e estar com os meus colegas e professores.
Não quero voltar a sentir falta do gosto de saltar, de correr, de fazer projetos, pesquisar e aprender a saber estar.
E a falta que faz o cheiro da escola…
Às vezes o meu coração está ansioso e até bate mais rápido nos dias em que não tenho resposta para os meus receios.
Mas sei que no fim do dia volto para ti.
Olhar sereno, ou zangado, ou cansado, ou carinhoso.
Teu olhar. Que conhece cada pedacinho do meu corpo. Percebe todos os meus sentimentos.
Tem o dom de saber o que é melhor para mim, mesmo que eu não acredite.
És a minha Mãe…do coração.

 

DAC- Atividade de domínio de articulação curricular entre Cidadania, Educação Física e Matemática na turma do 6B.
Atividade em ORIGAMI em Matemática com a turma 6C.

terça, 04 maio 2021 09:07

Quem ama, "bem trata"!!

O Serviço de Psicologia e o Projeto Carregal Educa distribuíram aos alunos do agrupamento um folheto de sensibilização para a importância da identificação e denúncia de situações de maus-tratos a crianças.
 
Denunciar é um dever de todos!
A denúncia ou comunicação de uma suspeita de maus-tratos a uma criança é um dever cívico, uma responsabilidade social, uma obrigação do exercício de cidadania para proteger essa criança!

Para denunciarmos, precisamos reconhecer estas situações que, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), se caracterizam como "todas as formas de lesão física ou psicológica, abuso sexual, negligência ou tratamento negligente, exploração comercial ou outro tipo de exploração, resultando em danos atuais ou potenciais para a saúde da criança, sua sobrevivência, desenvolvimento ou dignidade num contexto de uma relação de responsabilidade, confiança ou poder”.

"O que se faz agora com as crianças é o que elas farão depois com a sociedade."

Inspiradas nesta frase de Karl Mannheim, reforçamos a importância do cuidado e do afeto como a base para um desenvolvimento harmonioso das nossas crianças, pilares fundamentais para uma sociedade que se quer justa e íntegra.



"Grande é a poesia, a bondade e as danças. Mas o melhor que há no mundo são as crianças."   in Liberdade, Fernando Pessoa

 


Em caso de necessidade de denúncia pode contactar:

 

  • Linha SOS - Criança:  116 111 (número gratuito)
  • Diretor/a de Turma
  • Psicólogas ou Terapeutas da Escola:  232 960 120
  • CPCJ de Carregal do Sal - 232 960 400
  • Forças de Segurança (GNR) - 232 968 134
  • Serviços de Saúde - 232  968 164

 


 

Em parceria com o Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal (AECS), designadamente em articulação com as disciplinas de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC) e Cidadania e Desenvolvimento (CD), o Contrato Local de Desenvolvimento Social 4G (CLDS 4G) de Carregal do Sal deu início à atividade designada “Ações de Sensibilização sobre Igualdade de Género: direitos de cidadania e violência no namoro”.

Esta atividade, no âmbito da disciplina de EMRC, integra o seu projeto “Dá-lhe GA2S”, que contempla a gratidão, alegria, amor e simplicidade, e que tem como ponto de partida a escola, a escuta ativa dos alunos, da comunidade local, e do mundo em geral. Na resposta, identifica formas de promoção da formação integral e pessoal de cada aluno, e procura reconhecer modos coerentes de habitar e participar no mundo. Quanto à disciplina de CD, abrange os seus domínios, temas e aprendizagens.

A 1ª sessão desta ação já chegou a todas as turmas do 9º ano de escolaridade (turmas A, B, C e D na Escola Secundária de Carregal do Sal, separadamente respeitando o funcionamento em bolha e à turma E na Escola Aristides de Sousa Mendes, em Cabanas de Viriato). As cinco turmas e os professores das disciplinas acima referidas aceitaram o desafio para explorar esta temática que decorrerão com periodicidade semanal até ao próximo dia 21 de maio.
O AECS agradece à equipa do CLDS 4G de Carregal, por terem aceite mais um desafio e colaborado na dinamização destas sessões.

No âmbito do projeto Erasmus+ KA229 “Human Right (to take action)”, alunos/as das turmas 8.ºB, 8.ºC, 10.ºA e 10.ºB do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal participaram numa reunião por videoconferência com os/as colegas da escola Stedelijk Dalton College Alkmaar, localizada na cidade de Alkmaar, situada a norte da capital, Amsterdão.

A reunião decorreu no dia 21 de abril e os/as alunos/as envolvidos/as tiveram uma manhã dedicada ao tema dos Direitos Humanos. As atividades tiveram início às 9h locais (10h no país parceiro) e os/as alunos/as começaram por se apresentar. As professoras envolvidas no projeto, Celeste Simões e Aldina Nobre, no AECS, e Lisanne Verwer, Jet de Vries e Gemma Molenaar, em Alkmaar, também se apresentaram e fizeram referência aos logótipos já criados pelos/as alunos/as, para se iniciar a votação pública, que levará à seleção daquele que representará o projeto.

De seguida, passou-se a uma atividade de storytelling, dinamizada pela ONG Masterpeace, tendo os/as alunos/as respondido a questões várias, com o objetivo de se darem a conhecer aos parceiros e, simultaneamente, se autoconhecerem. Foi um momento de muita partilha e revelações mais pessoais, que, sem dúvida, aproximou os/as alunos/as.

Ainda durante a manhã, os/as alunos/as foram divididos/as em grupos de trabalho, tendo cada um dado início a uma pequena pesquisa sobre temas relacionados com os Direitos Humanos, com o objetivo de partilhar as descobertas com os/as colegas portugueses/as e holandeses/as. Assim, a turma 8.ºB dedicou-se aos Direitos das Crianças, a turma 8.ºC aos Direitos das Mulheres e as turmas 10.ºA e 10.ºB trataram a figura de Aristides de Sousa Mendes, para o que contaram com a colaboração da Equipa UNESCO do AECS, que partilhou algumas informações e documentos, enquanto que no lado holandês os/as alunos/as trabalharam outros Direitos e a figura de Geertruida Wijsmuller-Meijer, que, tal como Aristides de Sousa Mendes, ajudou a salvar crianças judias durante a 2.ª Guerra Mundial. Estes trabalhos irão ter continuidade, tendo os/as alunos/as de partilhar com os/as colegas o resultado das suas pesquisas através da plataforma eTwinning do projeto.

Foi uma manhã muito enriquecedora, em que a língua inglesa foi intensamente utilizada, tendo os/as alunos/as e docentes saído motivados/as e preparados/as para continuar a desenvolver as suas competências linguísticas e aprender mais sobre as várias vertentes dos Direitos Humanos e como colocá-las em prática.