Webmaster

Webmaster

terça, 29 março 2022 09:57

Dia Mundial da Árvore na EBNA e EBASM

No âmbito da comemoração do “Dia Mundial da Árvore”, no dia 21 de março na EBNA e EBASM, as turmas do 2.º ano participaram numa atividade dinamizada pela Escola Segura e Equipa da Proteção da Natureza, em parceria com a Câmara Municipal de Carregal do Sal. Deste modo, tiveram oportunidade de aprender mais sobre a fauna e flora, através daação de sensibilização da Escola Segura e Equipa da Proteção da Natureza, sendo abordada a proteção e conservação do património natural, contribuindo para a formação e solidificação da consciência ambiental, criando hábitos sustentáveis. Assim, os alunos adquiriram conhecimentos sobre a importância e cuidados a ter com a floresta. A atividade culminou com a plantação de espécies autóctones, o Alvarinho (carvalho português), nos recintos escolares. Com esta atividade os alunos tiveram a possibilidade de estar em contacto com a Natureza.

Durante o decorrer da atividade, os alunos demonstraram muito entusiasmo, interesse, participando ativamente.


 

 

Os alunos do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal estiveram em formação de árbitros de nível 2 na modalidade de futsal realizado no  dia 24 de março. 

A parte teórica  - decorreu no Intituto Politecnico de Viseu pela manhã, decorrendo na parte da tarde a parte prática na Escola Básica Infante D. Henrique.

Todos os discentes aprovados encontram-se convidados pela Federação Portuguesa de Futebol a realizar estágio prático e  ingresso numa carreira de árbitro federado a nível nacional.


 

 

O dia 27 de janeiro de 1945 marcou a libertação de Auschwitz, o maior campo de concentração e de extermínio nazi, pelas tropas soviéticas, no fim da II Guerra Mundial. Pela Resolução 60/7 da Assembleia Geral da ONU, de 1 de novembro de 2005, foi estabelecida como data a recordar, com o objetivo de educar para a tolerância e para a paz e alertar para ocombate ao antissemitismo e outras formas de discriminação.

Em conformidade com o plano anual de atividades, o Projeto UNESCO “Dever de Memória – jovens pelos direitos humanos”, evocou, novamente, esta efeméride no Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal, numa atividade destinada às turmas de 9º ano - no dia 28 de janeiro na Escola Secundária, e a 31 na EB Aristides de Sousa Mendes - que visa preservar a memória deste trágico acontecimento, sensibilizando as novas gerações para a dimensão e consequências de um genocídio, por forma a que estes acontecimentos não se repitam.

Lembramos que o foco do projeto é o cônsul Aristides de Sousa Mendes, que obedecendo à sua consciência e contrariando ordens superiores do governo do Estado Novo, emitiu, em Bordéus (França), em 1940, vistos aos refugiados perseguidos pelo regime nazi, salvando milhares de vidas. Face a este ato de coragem, consideramos, um dever homenagear e manter viva, também, a sua memória e legado.

A atividade dinamizada constou de sessões de apresentação de testemunhos de alguns alunos participantes na viagem a Auschwitz-Birkenau, no passado mês de setembro. O evento integrou, ainda, dois vídeos, um sobre a referida visita, realizado pela professora Josefa Reis, em colaboração com a aluna Íris Figueiredo, e outro do Yad Vashem, a evocar este dia em memória das vítimas do holocausto.

 O balanço é muito positivo, as sessões decorreram num clima de motivação e interação entre os participantes e os dinamizadores, como evidenciou o facto de cada uma das sessões se prolongar para além do tempo previsto. Uma palavra de gratidão a todos que colaboraram para a concretização da atividade, nomeadamente os alunos que generosamente se disponibilizaram para realizar a apresentação aos colegas.

O projeto UNESCO organizou, ainda, para assinalar a data, uma exposição que se encontra desde o dia 26 de janeiro e até ao final do mês de fevereiro, no átrio do Pavilhão Vermelho da Escola Secundária

Dores Fernandes e Josefa Reis

Fotos: Josefa Reis

 

quarta, 23 março 2022 12:08

"A Guerra afeta-nos a todos"

"É muito difícil, para a maior parte de nós, não nos sentirmos perturbados e preocupados com a situação da Guerra na Ucrânia. Somos confrontados com imagens de resistência mas também de bombardeamentos, edifícios destruídos, cidadãos feridos, famílias separadas e pessoas que tentam fugir do país. 

Apesar desta Guerra estar a acontecer a milhares de quilómetros de distância das nossas casas, acedemos constantemente a notícias sobre a situação e sentimo-nos próximos e empáticos, porque partilhamos um sentimento de injustiça e humanidade com todas as pessoas que estão a passar por uma circunstância terrível.

A DGE alerta que a guerra e a situação que se vive atualmente reforçam a imperatividade de apoiar todas as crianças e jovens, incentivando ao respeito pelos Direitos Humanos, à resolução não violenta dos conflitos, e ao combate ao estigma e à discriminação. Neste sentido, cabe também aos educadores promover o desenvolvimento de processos de construção de Paz, destacando a Escola enquanto lugar de Paz, apoiando a implementação de programas de desenvolvimento de competências pessoais e sociais que visem a adoção de comportamentos pró-sociais e pró-saúde, numa perspetiva de desenvolvimento da cidadania ativa e da participação democrática de crianças e jovens." 

 

De 6 a 12 de março, oito alunos do Agrupamento (seis do 9ºD e dois do 11ºA) viajaram até Granada no âmbito do projeto “A minha cidade: do seu passado rico ao seu futuro melhor” e viveram momentos inesquecíveis, ricos em aprendizagem e em cidadania. Cada aluno ficou instalado em casa de um colega espanhol e respetiva família, numa nova aprendizagem, sempre enriquecedora pela troca de experiências, de culturas, de vivências, de estilos de vida…

Este projeto tem por base as línguas francesa e inglesa, mas sabemos que os alunos fartaram-se de falar espanhol, numa comunicação incrível com os colegas e as famílias de acolhimento.

Além de portugueses e espanhóis, também participaram nesta mobilidade alunos e professores franceses e polacos e a semana foi preenchida com inúmeras atividades: aulas na escola, juntamente com os colegas dos outros países, ateliês, visitas de estudo, peddy-paper, desporto “e mais não sei o quê”. De facto, foram dias muito preenchidos, mas, na nossa opinião, o ponto alto foi a visita guiada ao Alhambra, esse conjunto arquitetónico muçulmano (palácio e fortaleza), conquistado em 1492 pelos Reis Católicos. Mas também andámos à procura das fontes de Granada, pois o tema específico andava sempre à volta da água, e entrámos nas casas trogloditas e nos banhos árabes.

Pouco mais iremos dizer sobre esta viagem, pois os melhores testemunhos serão os dos alunos que experienciaram tudo isso e muito mais. Estamos a lembrar-nos de um pormenor interessantíssimo: é que algumas famílias portuguesas e espanholas estiveram em videoconferência, numa partilha inédita que também esta viagem proporcionou.

Os alunos, esses estão de parabéns pelo comportamento exemplar que mostraram nas viagens de avião e de autocarro e sobretudo na escola de acolhimento e em casa das diferentes famílias. Essas famílias que, na despedida, nos confidenciaram que tiveram em suas casas alunos maravilhosos. De parabéns estão também os pais, que nos confiaram os seus filhos e que os deixaram ir para esta semana de descoberta e de conhecimento, sempre numa perspetiva de aprendizagem diferente daquela que se faz na sala de aula.

Deixamos também um agradecimento muito especial à Diretora do Agrupamento e Adjuntos bem como às Coordenadoras do Projeto Erasmus+ por todo o apoio que nos deram em toda a burocracia que uma viagem destas envolve.

 

E a próxima mobilidade relativa a esta temática já está marcada para a Alemanha, no final de maio.

Os professores acompanhantes

Augusto Mendes e Filipa Neves

 

quarta, 23 março 2022 11:23

Métodos e habitos de Estudo em Casa

Estudar em casa não tem que ser aborrecido e a forma como organizamos o nosso estudo em casa tem comprovada importância para o sucesso escolar.

Nestas sessões abordámos com os alunos do 7º ano de escolaridade um conjunto de instrumentos e condições que ajudam a promover o estudo e melhorar o desempenho escolar.

No âmbito da disciplina de Educação Tecnológica está em exibição uma exposição de "Robôs" na  E.B Aristides de Sousa Mendes. Foi proposto aos alunos do 5º D aplicarem as metodologias aprendidas na referida disciplina, tendo em vista a elaboração de robôs através da reutilização de materiais. Pretendeu-se com esta atividade, que os alunos participassem diretamente no processo ensino-aprendizagem através do conteúdo: “Comunicar Tecnologia”, promovendo ao mesmo tempo, a importância da preservação do planeta. Além de desenvolverem a criatividade, esta atividade contribuiu para a perceção de valores importantes sobre a preservação ambiental, que são fundamentais na formação de cidadãos ecologicamente conscientes e responsáveis. A exposição está a decorrer na  E.B Aristides de Sousa Mendes.

 

A exposição itinerante “Ideia com Futuro - Reciclar no Planalto Beirão” esteve presente no AECS do dia 24 ao dia 28 de janeiro abrangendo todos os alunos do 1º e 2º ciclos. Esta articulação foi realizada entre o AECS, Município de Carregal do Sal e CIM Dão Lafões.

O OBJETIVO desta ação integra o plano de sensibilização e educação ambiental, com o mote Ideia com Futuro – reciclar no Planalto Beirão, que a associação de Municípios está a implementar.

Esta exposição itinerante esteve munida de equipamento multimédia e conteúdos interativos lúdico-pedagógicos, com apresentações, vídeos e jogos, que abordam a importância da Economia Circular e porque devemos todos separar os resíduos de embalagem para reciclagem.

O MODO DE ATUAÇÃO: durante a visita estiveram presentes dois agentes, que apresentaram temáticas da exposição bem como esclareceram as dúvidas que foram surgindo. Os agentes garantiram o cumprimento de regras aplicáveis de distanciamento social e medidas de higiene, não se misturaram turmas e cada turma foi dividida em 2 blocos.  Os professores titulares e diretores de turma acompanharam as turmas e orientaram os alunos.

A Educação Ambientalna comunidade escolar é essencial, na consciencialização e disseminação de mensagens, sendo frequente a partilha do que aprendem com o seu núcleo familiar e com os seus pares.

 

Colaboradora da atividade no 1º Ciclo – Professora Elisa Borges – Coordenadora do 1º Ciclo
Colaboradora da atividade no 2º Ciclo – Professora Nazaré Brito - Coordenadora dos DTs 2º Ciclo

 

No dia 23 de fevereiro durante a tarde os alunos do 10º ano que frequentam o Curso de Ciências e Tecnologias no nosso agrupamento deslocaram-se a Campia, Vouzela, para visitar o CENTRO PORTUGUÊS DE SUSTENTABILIDADE, no âmbito da disciplina de Física e Química A.

Com esta visita, pretendeu-se dar a conhecer um edifício construído recentemente, bem perto de nós, que aplica uma tecnologia patenteada pela empresa T&T, com sede no mesmo edifício. A tecnologia permite satisfazer cerca de 90% das necessidades energéticas a nível de climatização, aquecimento de águas  sanitárias e de piscinas, fazendo com que o edifício seja , energeticamente, um dos mais sustentáveis existentes em Portugal.

Além disso, os alunos puderam também ver aplicados alguns conteúdos abordados na disciplina.