Webmaster

Webmaster

Entre os dias 3 e 8 de abril, alunos/as e docentes do Agrupamento de Escolas de Carregal participaram na atividade de Ensino, Formação e Aprendizagem que se realizou em Alkmaar, Países Baixos. Esta atividade insere-se no projeto Erasmus+ “Human Right (to take action)”, que junta o agrupamento português e a escola holandesa Stedelijk Dalton College Alkmaar. Após um primeiro ano em que apenas se realizaram atividades virtuais, conseguiu-se levar a cabo a primeira mobilidade física, que permitiu que alunos/as e docentes finalmente se conhecessem em pessoa. Na viagem estiveram implicados 20 alunos/as de 4 turmas do Agrupamento – 9.ºB, 9.ºC, 11.ºA e 11.ºB – e 6 docentes – a Diretora, Maria João Marques, e as docentes Celeste Simões, Aldina Nobre, Dores do Carmo e Lúcia Morgado.

A visita teve como tema aglutinador os Direitos Humanos, tendo sido realizadas diversas atividades com o objetivo de promover a Cidadania Europeia e a sensibilização para os valores e desenvolver atitudes de solidariedade para com os outros.

Assim, no primeiro dia, os/as alunos/as desenvolveram atividades de grupo destinadas a quebrar o gelo, que permitiram um melhor conhecimento dos/as parceiros/as. De seguida, teve lugar uma palestra sobre direitos humanos, ministrada por elementos da Amnistia Internacional, e uma visita pela escola. À tarde, realizou-se um peddy paper pela cidade de Alkmaar em grupos de alunos/as. O jantar foi, igualmente, em conjunto com os/as parceiros/as holandeses.

O segundo dia foi passado em Amsterdão, onde se visitaram o Museu Marítimo, com a sua exposição “Republic at Sea”, que conta a história gloriosa dos Países Baixos, mas não esquece os momentos de colonialismo, violência e escravatura; o Monumento “Nooit Meer Auschwitz” (Auschwitz Nunca Mais), de Jan Wolkers, que se encontra no Wertheimpark e que, com os seus vidros partidos, constitui um memorial às vítimas de Auschwitz e, finalmente, o ponto alto do dia, a visita à Casa de Anne Frank, um momento carregado de emoção e simbolismo.

A manhã do dia 6 foi dedicada ao cinema, com a visualização do documentário em animação “Flee” (A Fuga), baseado em factos reais, sobre a vida de um refugiado. A tarde foi passada com os/as parceiros/as e suas famílias, o que constituiu um momento único para os/as alunos/as portugueses/as imergirem nos hábitos, tradições e cultura dos/as colegas holandeses/as.

O último dia decorreu nas instalações da Fábrica de Artes Hal 25, tendo os/as alunos/as começado por assistir a uma palestra de Arjan Erkel, médico que pertenceu à organização Médicos sem Fronteiras, ao serviço da qual foi raptado. O orador apresentou a sua história e como sobreviveu ao rapto.

À tarde, os/as alunos/as foram divididos em 4 workshops – fotografia, culinária, teatro e artes – tendo os produtos das várias atividades sido apresentados às famílias e outros/as docentes no final do dia. A terminar, foram distribuídos os certificados de presença a cada participante e foi oferecido o jantar.

O AECS receberá os/as parceiros/as holandeses/as nas suas instalações entre 29 de maio e 2 de junho.

 

 

Procedimento concursal comum de recrutamento para o preenchimento de um posto de trabalho em regime de contrato de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado, para a carreira e categoria de assistente operacional


 


 

De 8 a 18 de março, no âmbito das disciplinas de Cidadania e Desenvolvimento e Economia A, os alunos de Economia do 10º ano deslocaram-se à escola Básica de Carregal do Sal, juntamente com a professora da disciplina e realizaram a atividade “Professor por um dia – Viver de acordo com os seus meios”. Nestas sessões, dirigidas aos alunos do 7º ano, foram focados os seguintes temas de literacia financeira: diferenciar necessidade de desejo; identificar necessidades primárias e necessidades criadas pelo mercado e publicidade; conhecer técnicas para combater as compras por impulso; analisar a compra à luz de princípios de racionalidade económica e adoção de práticas de consumos sustentáveis e responsáveis. No final da aula, os alunos do 7º ano realizaram vários jogos elaborados pelos discentes do 10º ano no Wordwall e Kahoot . Estes jogos permitiram trabalhar e interiorizar os conceitos acima referidos.

O Agrupamento de Carregal do Sal esteve presente no dia 25 de Março de 2022 no projeto do Mega sprinter / fase CLDE Viseu,  o mesmo  realizado no estádio municipal de Seia.   As provas tiveram início às 10.00 horas e  o seu encerramento pelas 15:30 horas.

Relativamente ao Mega Nacional, informamos que o agrupamento não vai estar presente em Vagos nos dias 29 e 30 de abril de 2022, pois só participarão os escalões de infantis B, iniciados e adaptados de ambos os géneros, e nestes mesmos escalões o resultado foi a não classificação.

quinta, 07 abril 2022 14:11

Inicio das competições de badminton

No dia 24 de fevereiro, os alunos da EB Aristides de Sousa Mendes voltaram às competições de badminton, dois anos depois desta atividade ter sido suspensa devido à pandemia da covid 19.

Os alunos Gil Batista, Bernardo Costa, José Tavares e Vasco Peixeira deslocaram-se à Escola Secundária de Nelas para competirem no escalão de iniciados com os alunos da EB de Nelas, ES de Mangualde e ES do Satão, conquistando os quatro primeiros lugares, pela respetiva ordem.

Também no dia 23 de março, decorreu a concentração de badminton para o escalão de infantis A e B, que teve lugar na Escola Secundária de Carregal do Sal. Para além da escola organizadora (EB Aristides de Sousa Mendes), estiveram presentes as seguintes escolas: EB Infante D. Henrique - Viseu e a EB de Nelas.

Esta concentração contou com um total de 43 alunos: 24 raparigas e 19 rapazes. A EB Aristides de Sousa Mendes esteve representada com 18 alunos: 8 alunas e 10 alunos.

Felicitam-se os alunos pelos resultados alcançados ao longo de mais um dia de competição salutar e de convívio entre todos os participantes.

 

Classificação

Infantis A Femininos

Infantis A Masculinos

Infantis B Femininos

Infantis B Masculinos

Ana Amaral (ASM)

Miguel Batista (ASM)

Leonor Barros (ASM)

André Peixeira (ASM)

Beatriz Figueiredo (ASM)

Francisco Pais (ASM)

Leonor Cardoso (ASM)

Leonardo Pais (ASM)

Mélanie Lobo (ASM)

David Pinto (ASM)

Laura Batista (ASM)

André Santos (ASM)

Inês Pereira (Infante)

José Fidalgo (ASM)

Alícia Lobo (ASM)

Tiago Barros (ASM)

Diana Rodrigues (Infante)

Lucas Fernandes (Infante)

Carolina Loureiro (ASM)

Miguel Lapa (ASM)

Matilde Silva (Infante)

 

Rafaela Pinto (Infante)

Santiago Morgado (Nelas)

Sara Rodrigues (Infante)

 

Vladyslava (Infante)

Dinis Serra (ASM)

Gabriela Martins (Infante)

 

Eduarda Cruz (Infante)

Lourenço Rodrigues (Infante)

 

 

 

Maria Miguel (Infante)

 

Júlia Brito (Infante)

João Simões (Nelas)

Mariana Canas (Infante)

 

Diana Silva (Infante)

Santiago Bento (Nelas)

Mafalda Freita (Infante)

 

Leonor Costa (Nelas)

Francisco Correia (Nelas)

Lara Figueiredo (Infante)

 

Anna Triffan (Nelas)

José Moita (Infante)

 

 

 

Pedro Santos (Infante)

 

 

 

Dinis Loureiro (Nelas)

 

No passado dia 21 de março, comemorou-se, no nosso agrupamento, o Dia Mundial da Árvore/ Floresta e oDia Mundial da Poesia.

Na Escola Secundária, os departamentos de Ciências Experimentais, de Português e de Educação Especial (no âmbito do Projeto “A Nossa Horta”) dinamizaram diversas atividades alusivas à data.

Uma das atividades consistiu em, cada turma, plantar uma árvore/ arbusto e assim, responsabilizar os alunos pelo seu cuidado e desenvolvimento e sensibilizá-los para a importância deste ato.

Esta atividade teve uma adesão massiva, todas as turmas participaram e foram plantadas diversas árvores autóctones (azevinhos; carvalhos; loureiros, sabugueiros, entre outras espécies).

As turmas A, B e C do 8º ano produziram poesias dedicadas à floresta e à importância da preservação das árvores para a qualidade do meio ambiente.

Um aluno com Adaptações Curriculares Significativas do 10º. D ilustrou duas árvores e escreveu um pequeno texto.

            Um agradecimento aos professores e Diretores de Turma  que se disponibilizaram e prontamente aderiram à atividade, cooperando na sua realização, a todos os que colaboraram com a oferta de várias espécies de árvores/ plantas/arbustos e ao Sr. Vasco Ferreira, chefe dos Assistentes Operacionais, que deu um importante contributo. 

 

As professoras responsáveis pela atividade:

 

Ana Cristina Pais

Cristina Ferreira

Maria de Fátima Monteiro

Natércia Ferreira

Paula Correia

Paula Ribeiro

 


 

 

Os alunos de Carregal do Sal estão entre os vencedores municipais das Olimpíadas de Educação Financeira, uma competição interescolas em que puderam participar mais de 13 mil crianças e jovens de 50 municípios. Os alunos foram desafiados a responder a 60 questões sobre temas de literacia financeira que estão a abordar no projeto educativo “No Poupar Está o Ganho”.

A turma 4.º C da Escola Básica Nuno Álvares foi uma das vencedoras municipais destas Olimpíadas, alcançando, no escalão 1.º ciclo – 3.º e 4.º ano, a melhor pontuação entre todas as turmas deste concelho que estiveram em competição. Já a turma 5.º A da Escola Básica de Carregal do Sal foi também vencedora municipal, mas no escalão do 2.º ciclo.

Promovidas pela Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, no âmbito do projeto “No Poupar Está o Ganho”, as Olimpíadas de Educação Financeira consistiram numa competição online que, através de um quiz, pôs à prova os conhecimentos dos alunos em temas como o planeamento e gestão do orçamento, sistemas e produtos financeiros, poupança, ética, direitos e deveres e ainda economia circular.

O projeto de educação financeira “No Poupar Está o Ganho” está a ser implementado em Carregal do Sal através de uma parceria com a Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões. No site do programasão propostos às turmas conteúdos, atividades e desafios didáticos que podem ser implementados ao longo de todo o ano letivo.

 

Saiba mais:

Emissão especial de divulgação dos vencedores das Olimpíadas de Educação Financeira: https://www.youtube.com/watch?v=d2EdaGTjMDs
Sobre o No Poupar Está o Ganho: www.nopouparestaoganho.pt
Sobre a Fundação Dr. António Cupertino de Miranda: www.facm.pt

 

Nos dias 17 e 18 de março, os alunos do 4º ano da EBNA e EBASM usufruíram de visita guiada às instalações do Museu Manuel Soares de Albergaria. Esta visita foi realizada para dar a conhecer o passado do concelho de Carregal do Sal aos alunos, trabalhando o tema de AFC “Do Museu para o património cultural, natural e histórico de Carregal do Sal”. 

A visita foi muito interessante, principalmente por ter dado aos alunos, a possibilidade de conhecerem o património histórico da região, a beleza das obras e a preservação da nossa cultura.

Algumas turmas ainda tiveram tempo de visitar a Biblioteca, onde lhes foram apresentados os vários espaços existentes (sala para adultos, jovens e crianças) e a função de cada um deles.