Oferta formativa 2019/2020

  • Clique para saber mais...

  • Clique para saber mais...

  • Clique para saber mais...

Webmaster

Webmaster

quinta, 02 maio 2019 10:04

O dia 3 de abril foi um dia de grande emoção, a inauguração do “Memorial de Aristides de Sousa Mendes – 65 anos de memórias”, na Escola Básica de Cabanas de Viriato, da qual este herói é patrono, marcou de forma indelével o Agrupamento e a comunidade.

Este Memorial é constituído por um painel das pranchas do livro de Banda Desenhada do Mestre José Ruy, “Aristides de Sousa Mendes, herói do holocausto” e a ideia surgiu no ano passado, aquando da atividade “Encontro de Autor” com este artista gráfico. A oferta das referidas pranchas a esta Escola, pela mão da equipa UNESCO, possibilitou a iniciativa. O autor, gentilmente, acrescentou uma atualização da última edição do livro, contendo as homenagens prestadas a este herói desde 2004, incluindo várias homenagens prestadas na região, como o ”Tributo ASM-2004”, o “Cordão Humano ASM-2014”, o teatro NACO, “Aristides - o Musical” da Contracanto, a atribuição da Grã-Cruz da Liberdade a título póstumo, pelo Presidente da República, Professor Marcelo Rebelo de Sousa, o acolhimento de grupos visitantes e descendentes de Vistos de Aristides de Sousa Mendes à Casa do Passal, pela Sousa Mendes Foundation e pela FASM, assim como aatividade do Projeto “Dever de Memória” do Agrupamento, que fez chegar à equipa para integrar o Memorial. Um privilégio e uma honra!

No ato da inauguração estavam, para além dos alunos do 5º D e 6º, acompanhados pelas  professoras Elisa Morais e Filipa Neves, o Presidente do Conselho Geral, Eng. Ricardo Seabra, membros da Direção do Agrupamento e da Coordenação do Estabelecimento e algumas entidades convidadas, tais como o Presidente da Assembleia Municipal, Dr. Jorge Gomes, o Vice- Presidente da CM, Dr. José Batista. Estes últimos proferiram palavras de enaltecimento deste humanista do concelho e que, por isso, faz sentido este Tributo, ainda mais na Escola da sua terra, sublinhando que ele deve ser um “farol” para as sociedades de hoje, sendo cada vez mais premente que a educação divulgue este testemunho aos mais jovens, face aos extremismos e à violência no mundo.

A Vice-Diretora do Agrupamento, Drª Mª João Marques, pronunciou-se sobre a importância do incansável trabalho de homenagem e divulgação deste Justo entre as Nações, pela Equipa UNESCO, Dores Fernandes e Josefa Reis que enaltece o agrupamento e o concelho.

A coordenadora do Projeto, Dores Fernandes, fez o enquadramento da atividade e agradeceu a todos os que contribuíram para a sua concretização, nomeadamente ao Mestre José Ruy, ao Diretor Hermínio Marques que, desde a sua génese, acarinhou a ideia, à Drª Mariana Abrantes pelo apoio prestado, à Câmara Municipal que generosamente patrocinou os painéis, à Coordenação do Estabelecimento e a todos os assistentes operacionais desta Escola, que como já é habitual, primam para que nada falhe, bem como ao Senhor Armando, que não se poupou a esforços para organizar a exposição em tempo útil e finalmente à sua companheira de equipa por sonhar e fazer a obra acontecer!

Estiveram, ainda, presentes, o Presidente da Junta de Freguesia de Cabanas de Viriato, Sr. Nuno Seabra e a Dra. Mariana Abrantes, em representação da SMF, que dirigiu palavras de apreço pela iniciativa e anunciou que, no verão, o grupo de descendentes de judeus salvos pelo visto do cônsul Sousa Mendes voltará a Cabanas de Viriato, iniciativa da SMF e que esta escola fará parte do roteiro da visita. Marcaram presença também os jornalistas do Farol da Nossa Terra e do Diário de Viseu, Sr Lino e Drª Eduarda Macário respetivamente, que fizeram a reportagem, assim como alunos do curso CEF de Fotografia que, orientados pela professora Isabel Várzeas, registaram o momento.

Esta homenagem ao “Justo entre as Nações” foi um momento que se revestiu de grande simbolismo e emoção. Antes do descerrar do Memorial dois alunos do 5º D, sob orientação da Professora Elisa Morais, leram de forma expressiva estrofes do livro de poesia de Hermínio da Cunha Marques “O Cônsul Aristides de Sousa Mendes em rimas de acentos humanitários”.

A finalizar, e para brindar este momento, a partilha de chá e de bolo decorado, com a imagem emblemática do evento, proporcionou um caloroso convívio entre os intervenientes. 

Para memória futura fica nos anais do Projeto UNESCO mais uma missão, um Dever de Memória cumprido!

 

Dores Fernandes e Josefa Reis

Fotos: Josefa Reis e CEF de fotografia

sexta, 12 abril 2019 10:10

“No dia 13 de março de 2019 os alunos do 10° ano e do 12° ano de Física, Química e Economia C do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal visitaram o Centro Português de Sustentabilidade (CPS), situado em Crasto de Campia, Vouzela.

Foi uma visita extremamente educativa uma vez que este centro, integrado no Projeto Eco-Empresa,pois obteve a classificação A++  na avaliação ao nível da sustentabilidadee A+ ao nível da avaliação energética, sendo estas as classificações mais elevadas nos modelos de avaliação respetiva, é hiper sustentável visto que, além de recorrer essencialmente à energia solar para necessidades energéticas do edifício, é um espaço onde se trata e reutiliza a água, armazena energia, aproveita a energia geotérmica, monitoriza de forma automática... Ou seja, variadíssimas medidas que devemos pôr em prática para preservar o ambiente e torná-lo num lugar melhor!

Acima de tudo, foi um lugar confortável e acolhedor, que nos foi proporcionado por Augusto Teixeira, a quem não podemos deixar de agradecer pela simpatia e pela forma tão acolhedora como nos recebeu.

Foi uma tarde diferente, educativa, agradável e os alunos vieram com uma visão futurista e empreendedora. “

 

Maria Cardoso, 10º B

sexta, 12 abril 2019 10:07
No âmbito do Projeto ERASMUS+ em vigor no Agrupamento, docentes da escola frequentaram o curso “Project Based Learning in the Classroom: Setup, Integration and Reflection” ministrado pela Europass Teacher Academy, em Florença, Itália. Nele participaram sete docentes de 3 países diferentes: Portugal, Espanha e Finlândia.
 
O curso centrou-se nos princípios da metodologia PBL, ou seja, trabalho de projeto, e a formadora procurou demonstrar como esta metodologia pode ser integrada em sala de aula, em qualquer área de conhecimento. A formação foi muito prática e foram partilhados imensos recursos que serão disponibilizados aos/às colegas do Agrupamento: vídeos, artigos, grelhas de observação, etc. A grande mais-valia do curso foi o facto de se terem criado projetos em equipas que serão agora trabalhados nas respetivas escolas pelas várias formandas.
 
sexta, 12 abril 2019 10:04

        Nos dias 1 e 2 de abril decorreram as finais distritais de badminton para os escalões de iniciados e juvenis na escola sede do nosso agrupamento e na escola secundária de Castro Daire. Salienta-se, uma vez mais, a excelente prestação dos nossos alunos/atletas, tendo alguns alcançado o título de campeão distrital:

1º Lugar

  • João Sousa e Inês Pinto (Iniciados singulares)
  • João Sousa / Inês Pinto (Iniciados Pares Mistos)
  • António Ribeiro / André Mendes(Iniciados Pares homens)
  • Carolina Nunes / Maria Madalena (Iniciados Pares senhoras)
  • Maria Patrícia (Juvenis Singulares)
  • Maria Patrícia / Constança Lopes / Carolina Marques / Mafalda Cunha/ Beatriz Marques (Juvenis Equipa)
  • Gabriel Martins / Henrique Lopes / Júlio Marques / Gonçalo Figueiredo / Tomás Silva (Juvenis Equipa)

 

2º Lugar

  • Carolina Nunes e André Mendes (Iniciados singulares)
  • Henrique Lopes e Constança Lopes (Juvenis Singulares)
  • Sara Borges / Raquel Pais (Iniciados Pares senhoras)
  • Gabriel Gonçalves / Maria Madalena (Iniciados Pares misto)

 

3º Lugar

  • António Ribeiro (Iniciados singulares)
  • Gabriel Martins (Juvenis Singulares)
  • Gabriel Gonçalves / Afonso Loureiro (Iniciados Pares Homens)
  • Afonso Loureiro / Carolina Nunes (Iniciados Pares misto)

 

Nos dias 3 e 4 de maio decorrerão os regionais de badminton em Castelo Branco, onde o nosso agrupamento será bem representado. A todos o desejo de boa sorte e excelentes resultados.

sexta, 12 abril 2019 10:01

No passado dia 2 de abril, com partida às 7 horas, teve lugar uma visita de estudo a Lisboa com os alunos das turmas A e B do 12º ano, no âmbito das disciplinas de Português, Sociologia e História A. Às 11 horas, partindo da Fundação José Saramago (Casa dos Bicos), foi feita, em dois grupos, a maior parte do percurso da personagem principal da obra O ano da morte de Ricardo Reis: Rua do Alecrim, Praça Camões, Alto de Santa Catarina, Bairro Alto e, finalmente, Rossio. O percurso deste “labirinto”, com paragem nas estátuas (Eça, Camões, Pessoa, Adamastor), durou cerca de uma hora e meia.

Depois do almoço volante no Campo das Cebolas, os alunos assistiram, pelas 15 horas, à representação da peça O ano da morte de Ricardo Reis, com a companhia Éter, nas instalações da Fundação José Saramago. Durante uma hora e meia, os alunos deliciaram-se com a excelência dos atores e a qualidade da representação, que consistiu, de facto, numa leitura original da obra, permitindo o conhecimento dos seus aspetos fundamentais.

A chegada à escola, às 20.15 horas, encerrou o programa da visita. Registe-se o excelente comportamento dos alunos e também a riqueza cultural de que os alunos puderam usufruir. A repetir… com outros alunos.

 

Augusto Mendes, Cristina Varanda e Aldina Nobre

terça, 02 abril 2019 15:45

No dia 28 de março, no período da tarde, as crianças da Educação Pré-Escolar da Escola Básica Nuno Álvares e Jardim de Infância Angelina de Sousa Mendes deslocaram-se de autocarro ao Centro Cultural de Carregal do Sal para assistirem à peça de teatro Robertices, composta por dois momentos muito divertidos: “A Carochinha” e “O freguês caloteiro” encenados pela Companhia de teatro Miniatro.

Viveram-se momentos de boa disposição e de empatia entre os atores e o público.

Foi uma atividade enriquecedora para as crianças permitindo-lhes o contacto com outras formas de representação teatral e num espaço também ele diferente.