Oferta formativa 2018/2019

  • Clique para saber mais...

  • Clique para saber mais...

Webmaster

Webmaster

quarta, 23 maio 2018 14:44

Decorreu, nos dias 14 e 15 de maio, na Assembleia da República Portuguesa, a Sessão Nacional do Ensino Secundário do Programa Parlamento dos Jovens, subordinada ao tema “Igualdade de Género”.

A sessão nacional contou com a participação de 129 alunos de todos os círculos eleitorais do País, da Europa e de Fora da Europa.

Na sessão plenária, realizada no segundo dia, foi aprovada a proposta final de recomendação que será entregue à Assembleia da República e que é constituída por oito das dezasseis propostas aprovadas nas quatro comissões políticas que tiveram lugar no dia anterior.

Na sessão nacional, os alunos do ensino secundário, na qualidade de deputados dos respetivos círculos eleitorais, revelaram grande dinamismo e, sobretudo, elevado sentido de cidadania e espírito democrático.

Os nossos deputados, eleitos pelo círculo eleitoral de Viseu na sessão distrital, Sofia Marques e Daniel Santos, do 11º B, demonstraram, mais uma vez, estar à altura do acontecimento, agarrando a oportunidade para também brilhar e, com convicção, defender o seu projeto de recomendação aprovado na sessão distrital. Assim, das quatro propostas, que também passaram na respetiva comissão política, duas integram a proposta final de recomendação à Assembleia da República.

Mais uma vez, parabéns aos nossos alunos pelo enorme feito que muito os engrandece e muito projeta o nosso Agrupamento de Escolas.

 

 

O Coordenador do Parlamento dos Jovens do Ensino Secundário

José Manuel Abreu Carvalho

terça, 22 maio 2018 16:22

Dias felizes com o material lúdico de exterior oferecido pela Câmara Municipal de Carregal do Sal ao JIASM.
Agradeço do fundo do coração por fazerem felizes as nossas crianças.

As Educadoras:
Clarinda e Lurdes
sexta, 18 maio 2018 15:22

No dia 27 de abril, os alunos do Curso Profissional Técnico de Proteção Civil, a decorrer na Escola Secundária de Carregal do Sal, visitaram o Laboratório de Estudos sobre Incêndios Florestais (LEIF), que constitui a mais importante estrutura dedicada à investigação experimental dos incêndios florestais existente na Europa. É promovido pelo Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais (CEIF) da ADAI (Associação para o Desenvolvimento da Aerodinâmica Industrial) que, desde 1985, desenvolve investigação aplicada em vários temas relacionados com o comportamento do fogo e a segurança pessoal.

O LEIF situa-se no Aeródromo da Lousã e dispõe de equipamentos de ensaio, tais como: estruturas de simulação do comportamento do fogo em encostas e em desfiladeiros; túnel vertical para estudo de partículas incandescentes; gerador de vórtices ou turbilhões de fogo; estrutura de ensaio de sistemas de proteção de viaturas de Bombeiros; etc.

Sob a orientação do Dr. Jorge Raposo, a visita iniciou-se com a visualização de um vídeo e introdução teórica sobre os incêndios florestais. De seguida, foi feita uma demonstração de vários ensaios experimentais, com incidência no comportamento extremo do fogo (comportamento eruptivo, tornados de fogo, projeções, entre outros). Visitou-se o Laboratório de Estudos de Combustíveis Mortos e, no final, observou-se um equipamento/estrutura de proteção para as viaturas de combate a incêndio florestal, que está a ser desenvolvido no LEIF.

A visita foi extremamente interessante e, pelo facto de ter proporcionado uma aprendizagem mais prática, correspondeu às espectativas de todos os participantes.

 

Diogo Figueiredo

 

31531024_1787670777922536_1356482016471678976_n.jpg

sexta, 18 maio 2018 15:20

No dia 5 de maio, decorreu a fase regional das Olimpíadas de Física, promovidas pela Sociedade Portuguesa de Física, no Departamento de Física da Universidade de Coimbra. O agrupamento participou nos escalões A (alunos 9º ano) e B (alunos 11º ano) com equipas da Escola Secundária e da Escola Básica Integrada de Cabanas de Viriato.

As Olimpíadas de Física pretendem incentivar e desenvolver o gosto pela Física nos alunos dos Ensinos Básico e Secundário, considerando a sua importância na educação básica dos jovens e o seu crescente impacto em todos os ramos da Ciência e Tecnologia.

Os alunos participaram na atividade com empenho, motivação e alegria.

quarta, 16 maio 2018 14:06

Um fim-de-semana de trabalho, mas também de partilha do desenvolvimento dos projetos e das atividades das várias escolas presentes no 17º Encontro da Rede Nacional das Escolas Associadas da UNESCO, que teve lugar no Colégio Luso Internacional do Porto, nos dias 21 e 22 de abril.

Este encontro contribuiu uma vez mais para o Re(encontro) e aproximação de todos em prol dos mesmos objetivos: partilhar saberes e experiências para uma melhor educação e contribuir para a construção de um mundo melhor. Enriquecedoras e motivadoras, para o nosso trabalho enquanto professores, foram também as conferências subordinadas às diversas temáticas como International Mindedness, Cidadania Global, Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, entre outras, proferidas pelos convidados.

Do programa constava a apresentação dos projetos de boas práticas de várias escolas recentemente integradas na rede. No nosso país são, neste momento, 100 as escolas associadas. O desenvolvimento do Projeto Dever de Memória foi apresentado aos participantes, tendo merecido interesse da audiência pela dinâmica empreendida no seio do Agrupamento, pelo facto de extrapolar os “muros da escola” e de se projetar na comunidade local e internacional.

 Digno, ainda, de registo o simpático e caloroso acolhimento por parte do Colégio anfitrião que zelou para que tudo decorresse da melhor forma, proporcionando, ainda, agradáveis momentos musicais, dinamizados pelos alunos e de convívio entre os participantes num aprazível Porto de Honra.

Como consta do relatório do referido Seminário da autoria da Comissão Nacional da UNESCO: “Os trabalhos decorreram no âmbito de três grupos temáticos: Educação para a Cidadania Global, Literacia dos Oceanos e Alterações Climáticas. As conclusões dos grupos de trabalho foram apresentadas em plenário, assinalando-se a dinamização da cooperação entre escolas; a promoção do pensamento crítico; a mobilização de conhecimentos, sentimentos e capacidades para atividades e ações diferentes e o debate sobre as 7 perspetivas de Literacia do Oceano da UNESCO. Resultou deste Encontro a partilha de boas práticas sobre o trabalho realizado nas escolas portuguesas, angolanas, cabo-verdianas e brasileiras; o reforço da cooperação entre as redes de escolas e a reafirmação da importância da constituição de parcerias entre escolas; a relevância dos princípios da Educação para a Cidadania e da Literacia do Oceano, a enquadrar no próximo Encontro, em abril de 2019, e também a temática da Educação para a Paz”.

Em jeito de balanço, podemos concluir que estes Encontros são fundamentais, pois permitem a partilha de saberes e “modos de fazer” entre profissionais da educação, a aprendizagem e a reflexão como aprendentes, mas também uma análise mais distanciada sobre o trabalho desenvolvido na nossa própria escola. Segundo as palavras do moderador Dr. Paulo Costa, representante nacional da ONG Plataforma Portuguesa, o projeto do nosso Agrupamento distingue-se pela filosofia de trabalho de “dentro para fora”, numa ótica de partilha do património histórico-cultural e da identidade locais, a partir da figura de Aristides de Sousa Mendes, promovendo valores universais.

Uma palavra de enorme gratidão para a Comissão Nacional da UNESCO, na pessoa da Dra Fátima Claudino e da Dra Isabel Morgado, da Direção do Colégio Luso Internacional.

 

Dores Fernandes e Josefa Reis
Fotos: Josefa Reis

segunda, 14 maio 2018 14:27
No âmbito da disciplina de Inglês, a turma 11.ºB encontra-se a participar no projeto eTwinnning “I’m happy with myself” com alunosas de escolas da Turquia, Espanha e Roménia. O objetivo do projeto é consciencializar osas alunosas para a discriminação de género e contribuir para uma reflexão crítica sobre esta temática. Entre outras atividades, as nossas alunas criaram cartazes sobre mulheres portuguesas, os quais foram partilhados na plataforma eTwinning e expostos na escola sede do Agrupamento.
 
segunda, 14 maio 2018 14:22

O Curso Profissional de Técnico de Turismo Ambiental e Rural, acompanhados pelo seu Diretor de Curso e professor das disciplinas técnicas de TTG e TAA (professor Henrique Jesus), realizaram no dia 4 de maio uma visita de estudo à cidade de Viseu.

Durante o período da manhã o grupo desenvolveu um peddy paper que permitiu a descoberta de algum património de interesse relevante assim como as principais atrações turísticas da cidade.

Após o almoço convívio que decorreu no Parque do Fontelo o grupo de alunos e seu professor acompanhante, deslocaram-se até ao Hotel Palácio dos Melos onde lhes foi proporcionado uma visita técnica ao mesmo.

A visita de estudo mostrou-se bastante benéfica, dado que os alunos tiveram a oportunidade de colocar em prática os conhecimentos teóricos adquiridos em sala de aula e conheceram in loco uma unidade de alojamento.

segunda, 14 maio 2018 14:11

Para comemorar o Dia mundial da Água, a empresa Águas do Planalto, promoveu um concurso de banda desenhada sobre o “ciclo urbano da água” dirigidoaos alunos do 1º ciclo do ensino básico, das escolas da área de concessão da empresa, nos concelhos de Tondela, Mortágua, Carregal do Sal, Tábua e Santa Comba Dão. O concurso premiou um total de 15 crianças.

Assim, no passado dia 22 de março decorreu na ETA do Mosteiro de Fráguas, em Tondela, a sessão de entrega de prémios aos alunos vencedores do concurso.  Os alunos vencedores receberam livros incluídos no Plano Nacional de Leitura, uma mochila, um boné,  e, como prémio principal, uma viagem a Lisboa, ao Oceanário.

No nosso agrupamento foram premiados os alunos Afonso Sempere Rosa, André dos Santos Alves e Miguel Carreira da Fonseca, do 4ºB, da Escola Básica Nuno Álvares.

No dia 20 de abril estes alunos, acompanhados pela sua professora, partiram de comboio da estação de Santa Comba Dão com as restantes crianças vencedoras, os seus acompanhantes e os administradores da empresa Águas do Planalto.

A viagem de comboio foi a primeira experiência vivenciada, uma vez que algumas das crianças premiadas nunca tinham viajado neste meio de transporte.

Chegados a Lisboa, pelas 11h 30 min, fomos dar um pequeno passeio pelo Parque das Nações até chegar a hora de almoço.

O almoço foi oferecido pelos organizadores e decorreu já no Oceanário. Após o almoço fomos novamente passear pelo Parque das Nações.

Pelas 15h 30 min iniciaram a visita guiada pelo oceanário. A visita intitulada “Volta ao mundo em 80 minutos” permitiu aos alunos observarem o tanque central que representa o Oceano Global, onde coexistem várias espécies de peixes como tubarões, barracudas, moreias, raias, atuns, peixes tropicais… Ao longo da visita puderam ainda conhecer os 4 habitats marinhos com a sua riqueza ao nível da fauna e da flora; a vida animal a nível terrestre e subaquática, atravessando as águas temperadas, tropicais e frias dos diferentes oceanos do planeta. Visitaram também a exposição temporária “Florestas Submersas” que nos mostra o universo das florestas tropicais e dos seus sistemas aquáticos, ao som da música de Rodrigo Leão.

Esta fantástica visita proporcionou aos alunos aprofundar o conhecimento sobre os oceanos, os seus habitats e a biodiversidade das espécies, apelando à participação numa mudança de atitude perante os mesmos.

No final, fizeram questão de tirar uma foto com a mascote do oceanário  o “ Vasco” e comprar uma pequena lembrança.

Após um lanche no MacDonald’s, fizeram a viagem de regresso, novamente de comboio.

Foi um dia diferente, inesquecível e muito enriquecedor para todos os participantes.

 

segunda, 14 maio 2018 14:09

Turistar e acolher entre gerações: em cada carta uma experiência, consistiu num projeto que decorreu no período de 04 de dezembro de 2017 a 07 de maio de 2018, desenvolvendo-se por diferentes etapas.

O respetivo projeto partiu da iniciativa dos alunos e professor da disciplina de TAA. Este teve como principais objetivos desenvolver um programa de animação turístico-cultural intergeracional, realizar a troca de saberes e experiências entre diferentes gerações e evidenciar o papel do animador como gestor de equilíbrios emocionais.

O grupo contatou com uma instituição que desenvolve a sua atividade no âmbito da população sénior, nomeadamente o Centro Social Professora Elisa Barros Silva e a Unidade Residencial Aristides de Sousa Mendes.

Após ter sido efetuado o respetivo contato e se ter obtido um feedback positivo por parte da instituição deu-se início à troca de correspondência entre os alunos e utentes da instituição anteriormente referida. Nesta primeira etapa os intervenientes conheceram-se a partir do registo escrito e trocaram experiências e vivências.

No dia 23 de abril os alunos envolvidos foram conhecer pessoalmente os seus avós com quem trocaram correspondência. Também visitaram as instalações onde residem os avós. Neste encontro, desenvolveram a interação comunicativa, a estimulação cognitiva e a troca de saberes.

Durante a tarde do dia 07 de maio os alunos do curso de turismo receberam na escola secundária os seus avós e proporcionaram-lhe uma visita guiada pelo espaço escolar. Desta forma foi-lhes possível aplicar na prática os conteúdos teóricos lecionados dos módulos da disciplina envolvida no projeto.

Após a realização do percurso pelas instalações da escola a atividade culminou com a realização de um lanche entre “avós e netos”.

O desenvolver da atividade mostrou-se bastante enriquecedora para ambas as partes.

Deseja-se que que entre os correspondentes se estabeleçam laços de afetividade para a vida!

quarta, 30 maio 2018 09:58

Nos dias 23 de abril e 2 de maio, o coordenador da Biblioteca da Fundação Lapa do Lobo, Rui Fonte, em articulação com o Departamento de Educação Especial, proporcionou a possibilidade de os alunos com currículo específico individual do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal vivenciarem a linda experiência de “semear palavras”!

Na Escola Secundária, a atividade contou ainda com a carinhosa participação de três senhoras da Universidade Sénior de Carregal do Sal. Nesta escola, na UEEA da Escola Básica Nuno Álvares e na turma do menino com currículo específico individual da Escola Básica Aristides Sousa Mendes foi cantada a canção “Canteiro das palavras”, composta pelo coordenador Rui Fonte, que foi desafiando os alunos a alterarem a letra com outras palavras, criando novas rimas.Desta forma, motivou e inspirou alunos e professoras a escreverem palavras e a desenharem algo relacionado com a terra, em folhas de papel com sementes de camomila embutidas. Por fim, os participantes semearam as suas palavras e desenhos em canteiros e em vasos, comprometendo-se a regar e a cuidar deles, na esperança de vê-los desabrochar e crescer!

 

Canção “O Canteiro das Palavras” (Refrão)

Com a Terra
Tenho esta aliança
Ao semear a esperança!

Autor: Rui Fonte

 

Carregal do Sal, 03 de maio de 2018

Departamento de Educação Especial