Oferta formativa 2019/2020

  • Clique para saber mais...

" Carnavalândia "

No âmbito da disciplina de Sociologia, foi proposta, pela docente Aldina Nobre, à turma 12ºB, uma atividade que consistia na criação de um país, com uma cultura diferente daquela que conhecemos.

            Foi no passado dia 19 de fevereiro que, com a presença das docentes Aldina Carvalho e Sílvia Alves, as alunas Carolina Alves, Catarina Pinto, Cristiana Nunes, Joana Campos e Margarida Costa apresentaram aos restantes elementos da turma o seu país - “Carnavalândia”.

            Carnavalândia, uma comunidade onde a tristeza não ocupa lugar, é marcada pelo facto de a sociedade ser somente feminina, sendo que os visitantes do sexo masculino tiveram de se mascarar de matrafonas. A alegria, a diversão e a boa disposição também estão sempre presentes. É ainda importante salientar que as carnavalescas se regiam pela seguinte hierarquia: no topo, o Deus Supremo – Folião; de seguida, a rainha, a Carnavalinha; depois, todas as carnavalescas e, por fim, os alegres visitantes.

            Este país conta com as seguintes regras: obrigatório sorrir sempre, caso contrário, haverá uma sanção (cócegas); as carnavalescas, habitantes da Carnavalândia, bem como os seus visitantes, têm de se mascarar, venerar o Deus, o Folião, e dançar sempre que se ouve música.

            Quanto aos costumes e às tradições, foram realizados alguns rituais, entre eles o Ritual do Acolhimento dos Visitantes e o Ritual da Fertilidade, consistindo este último na escolha de uma das carnavalescas para dar continuidade às gerações deste país.

            No final, as carnavalescas escolheram um dos visitantes para se tornar habitante da Carnavalândia, cujo critério de escolha incidiu no empenho e alegria demonstrada ao longo da visita ao país. Para comemorar o Ritual da Fertilidade e a integração do visitante escolhido, foi realizada uma festa, com a gastronomia típica, muita música e animação.

Ler 253 vezes
quinta, 21 março 2019 16:39 In Notícias AECS

Mídia