Oferta formativa 2018/2019

  • Clique para saber mais...

  • Clique para saber mais...

“Encontros de Autor 2018” Joan Arnay Halperin, autora do livro My Sister' s Eyes

  O passado dia 6 de junho foi um dia memorável no Agrupamento, a sessão com Joan Halperin, autora do livro My Sister’s Eyes tornou este dia intenso e único. Esta atividade dinamizada pelo Projeto “Dever de Memória”, no auditório da Escola Secundária, iniciou-se com as boas-vindas por parte do Diretor do Agrupamento e o agradecimento à escritora, à Dra. Mariana Abrantes, pelo apoio a esta iniciativa, aos alunos do 9º B, que leram e trabalharam a obra, aos alunos das turmas E do 9º e B de 12º (Línguas e Humanidades), à Direção do Agrupamento, aos professores e pais presentes, aos assistentes operacionais pelo apoio, em particular à D. Fátima Caldeira que organizou os arranjos florais e à restante plateia, pela Coordenadora do Projeto UNESCO, Dores Fernandes.

Esta iniciativa surgiu na sequência da oferta, através da Drª. Mariana Abrantes,entusiasta desta causa, no passado mês de fevereiro, de 25 exemplares desta obra às bibliotecas escolares do Agrupamento e à Biblioteca Municipal, no âmbito do Projeto Dever de Memória, pela Sousa Mendes Foundation, com o objetivo de ser lido e analisado pelos nossos estudantes.

A escritora norte-americana contou, de forma muito motivadora, a história da fuga da sua família, em tempo de guerra e de perseguição nazi, da Polónia até Bordéus (no sul de França), onde graças ao acto de coragem de Aristides de Sousa Mendes, conseguiu um visto para viajar para Portugal, percorrendo umCaminho de Liberdade. O nosso país apresentou-se como terra de esperança para a sua família e para muitos outros refugiados, os quais foram acolhidos calorosamente pelo povo português. A vivência, ao longo de dezoito meses, e o apoio dispensado aos seus pais e família na Figueira da Foz, que são recordados com muito carinho no seu livro e finalmente a viagem para a Jamaica, onde faleceu a sua irmã Yvonne, e o recomeço de sua vida nos Estados Unidos foram outros momentos testemunhados na palestra.A plateia, constituída por alunos, pais e professores, ouviu com grande atenção a comovente história de sobrevivência da sua família apresentada de forma próxima e muito afetiva.          Seguiu-se a apresentação do trabalho interdisciplinar desenvolvido pelos alunos do 9º B, no âmbito das disciplinas de Inglês e de Educação Visual, sob a orientação das professoras Lurdes Cruz e Josefa Reis,orientado por um guião de exploração da obra, fornecido pela autora e adaptado segundo as diretrizes pedagógicas do projeto na sua abordagem didática, envolvendo o estudo do Holocausto e o ato humanista de Aristides de Sousa Mendes, numa filosofia do “Antes”, “Durante” e “Depois” do Holocausto (SHOA) que deslumbrou a autora e todos os presentes. Assim, foram lidos pelas alunas Laura Sousa e Mª João Amaral, expressivamente, excertos dos resumos da obra em Inglês. Foi apresentado, pela Bruna e pelo Martim, através de um PowerPoint, o trabalho artístico realizado - um scrapbook - uma reinterpretação bilingue (em Português e Inglês) da história que resultou num trabalho gráfico de grande valor criativo e emotivo.

A interpretação da obra em scrapbook, teve como motivo o facto de ter sido dado a Joan Halperin, pela mãe Hala, um álbum de fotos sobre Yvonne, sua irmã, portadora do visto de Aristides de Sousa Mendes, passado à família em 1940, em Bordéus. Esta apresentação, materializa o regresso ao passado de forma interativa, num equilíbrio entre os conceitos verbais e visuais, indo ao encontro das emoções emanadas pela obra e pela própria autora. Dos três exemplares criados, dois foram oferecidos, um à autora Joan Halperin e outro à professora Dores Fernandes, Coordenadora do Projeto UNESCO, para memória futura, o terceiro é o protótipo de orientação deste trabalho e pertença da docente Josefa Reis, autora dos estudos realizados previamente e que permitiu a orientação do trabalho com os alunos. No dizer da própria autora Joan Halperin “uma verdadeira obra de arte inspirada no meu livro, fico tão orgulhosa!”

   A encerrar a sessão, foi apresentada uma reflexão, pela Beatriz Alexandre, sobre a experiência de leitura e interpretação da obra, que traduziu o gosto e o enriquecimento pessoal que o trabalho literário lhes trouxe. Realça-se, ainda, a mais-valia do desenvolvimento de capacidades como a criatividade e o domínio da língua inglesa em resultado do envolvimento neste projeto.

            A terminar a sessão, a autora foi agraciada com ofertas da Câmara Municipal (filme/livro Aristides de Sousa Mendes, o Cônsul de Bordéus e a medalha do centenário da morte deste herói) e da Equipa UNESCO (o livro Aristides de Sousa Mendes- Memórias de um Neto, de António Moncada Sousa Mendes e outros artigos emblemáticos do projeto). Finalmente, juntou-se a esta comitiva,Gérald Mendes e Tereza Sousa Mendes, netos de Aristides de Sousa Mendes e uma bisneta, Margarida Mendes, com os quais o projeto UNESCO do Agrupamento tem cooperado.

            Paralelamente ao evento e para contextualizar historicamente a obra, esteve patente a exposição “MEMÓRIAS num tempo…100 TEMPO”, constituída por um conjunto de fotografias documentais e da obra em epígrafe, organizada segundo a mesma filosofia de interpretação e que será cedida a título de empréstimo, pelo projeto UNESCO do Agrupamento de Carregal do Sal, ao Museu Municipal Santos Rocha, na Figueira da Foz, com o objetivo de contextualizar historicamente a Palestra Interativa, com Joan Arnay Halperin, no próximo dia 13 de junho no referido Museu, atividade dinamizada no âmbito do projeto "Figueira, Farol da Liberdade", pelas docentes Helena Romão e de Inglês do AEZUFF, cruzando assim o caminho dos refugiados da II Guerra Mundial com o ato de Aristides de Sousa Mendes.

            Estes encontros são um privilégio, um “Dever de Memória”. Aristides de Sousa Mendes é, efetivamente, o catalisador de projetos em torno da temática dos Direitos Humanos, unindo pessoas no mesmo propósito… Educar para não ESQUECER num formato de “Rota da CONSCIÊNCIA”…um caminho…uma viagem!

 

Dores Fernandes e Josefa Reis

Fotos: Josefa Reis

Ler 165 vezes
quarta, 20 junho 2018 09:28 In Notícias AECS