Oferta formativa 2018/2019

  • Clique para saber mais...

  • Clique para saber mais...

17º ENCONTRO DE ESCOLAS ASSOCIADAS DA UNESCO

Um fim-de-semana de trabalho, mas também de partilha do desenvolvimento dos projetos e das atividades das várias escolas presentes no 17º Encontro da Rede Nacional das Escolas Associadas da UNESCO, que teve lugar no Colégio Luso Internacional do Porto, nos dias 21 e 22 de abril.

Este encontro contribuiu uma vez mais para o Re(encontro) e aproximação de todos em prol dos mesmos objetivos: partilhar saberes e experiências para uma melhor educação e contribuir para a construção de um mundo melhor. Enriquecedoras e motivadoras, para o nosso trabalho enquanto professores, foram também as conferências subordinadas às diversas temáticas como International Mindedness, Cidadania Global, Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, entre outras, proferidas pelos convidados.

Do programa constava a apresentação dos projetos de boas práticas de várias escolas recentemente integradas na rede. No nosso país são, neste momento, 100 as escolas associadas. O desenvolvimento do Projeto Dever de Memória foi apresentado aos participantes, tendo merecido interesse da audiência pela dinâmica empreendida no seio do Agrupamento, pelo facto de extrapolar os “muros da escola” e de se projetar na comunidade local e internacional.

 Digno, ainda, de registo o simpático e caloroso acolhimento por parte do Colégio anfitrião que zelou para que tudo decorresse da melhor forma, proporcionando, ainda, agradáveis momentos musicais, dinamizados pelos alunos e de convívio entre os participantes num aprazível Porto de Honra.

Como consta do relatório do referido Seminário da autoria da Comissão Nacional da UNESCO: “Os trabalhos decorreram no âmbito de três grupos temáticos: Educação para a Cidadania Global, Literacia dos Oceanos e Alterações Climáticas. As conclusões dos grupos de trabalho foram apresentadas em plenário, assinalando-se a dinamização da cooperação entre escolas; a promoção do pensamento crítico; a mobilização de conhecimentos, sentimentos e capacidades para atividades e ações diferentes e o debate sobre as 7 perspetivas de Literacia do Oceano da UNESCO. Resultou deste Encontro a partilha de boas práticas sobre o trabalho realizado nas escolas portuguesas, angolanas, cabo-verdianas e brasileiras; o reforço da cooperação entre as redes de escolas e a reafirmação da importância da constituição de parcerias entre escolas; a relevância dos princípios da Educação para a Cidadania e da Literacia do Oceano, a enquadrar no próximo Encontro, em abril de 2019, e também a temática da Educação para a Paz”.

Em jeito de balanço, podemos concluir que estes Encontros são fundamentais, pois permitem a partilha de saberes e “modos de fazer” entre profissionais da educação, a aprendizagem e a reflexão como aprendentes, mas também uma análise mais distanciada sobre o trabalho desenvolvido na nossa própria escola. Segundo as palavras do moderador Dr. Paulo Costa, representante nacional da ONG Plataforma Portuguesa, o projeto do nosso Agrupamento distingue-se pela filosofia de trabalho de “dentro para fora”, numa ótica de partilha do património histórico-cultural e da identidade locais, a partir da figura de Aristides de Sousa Mendes, promovendo valores universais.

Uma palavra de enorme gratidão para a Comissão Nacional da UNESCO, na pessoa da Dra Fátima Claudino e da Dra Isabel Morgado, da Direção do Colégio Luso Internacional.

 

Dores Fernandes e Josefa Reis
Fotos: Josefa Reis

Ler 188 vezes
quarta, 16 maio 2018 14:06 In Notícias AECS