Oferta formativa 2017/2018

  • Clique para saber mais...

  • Clique para saber mais...

RECUPERAÇÃO DO TRIBUTO ARISTIDES DE SOUSA MENDES

A data do cinquentenário da morte de Aristides de Sousa Mendes em 2004 foi motivo de várias ações de homenagem que serviram para difundir o caráter Humanitário deste Herói Nacional, transformando-o num exemplo a seguir. O surgimento de novos elementos com o intuito de enriquecer o processo de reabilitação do Cônsul Português é então uma constante.

Precisamente com o desígnio de Reabilitar, no ano 2004, na escola EBI Aristides de Sousa Mendes, através da Comissão Executiva Instaladora, foi solicitado aos docentes de várias áreas disciplinares a sua colaboração para o desenvolvimento de um trabalho visual a ser colocado no exterior da escola, que serviria para prestar Homenagem ao Cônsul Aristides de Sousa Mendes, nas comemorações do cinquentenário da sua morte.

Essa situação e tendo ASM como referência motivou a criação dum conjunto de obras artísticas, únicas, em forma de esculturas e que foram inauguradas na cerimónia de homenagem prestada pela Escola no dia 3 de abril de 2004. Este conjunto de monumentos intitulado "Na EBI (Re)visitar Sousa Mendes" e que posteriormente seria apelidado de “Tributo ASM 2004”, encadeia acontecimentos da vida do Cônsul com o Projeto Educativo da Escola/Agrupamento, apoiado por um documento orientador no intuito de dar a conhecer, expandir e perpetuar a grandiosidade do feito de Aristides de Sousa Mendes.

Contextualizando a iniciativa, fruto de um trabalho conjunto, foi desenvolvido por todos os alunos da EBI nas áreas de Expressões, Educação Plástica e Área de Projeto (1º, 2º e 3º ciclos) no decurso do ano 2003/2004. A edificação das construções esteve a cargo dos alunos da turma de Construção Civil (Despacho Conjunto 279) e orientadas pelo docente titular do curso, Jorge Magalhães, tendo como opção o uso de materiais como o betão, o azulejo, as tesselas vidradas. A escolha de materiais deste tipo deveu-se à sua resistência e durabilidade estética e à necessidade de adequar os mesmos aos espaços exteriores da escola, resistindo desta forma à passagem do tempo. Este tributo foi edificado à volta da escola, criando um percurso constituído por 10 elementos escultóricos, cuja visita era orientada por um guião, fruto de uma compilação de textos pelo docente José Sousa Batista, com tradução para inglês pelo Departamento de Línguas da EBI Aristides de Sousa Mendes. Atualmente, o documento inicial foi substituído, pois foi completado com dados técnicos (autores, medidas, motivação) elementos importantes no registo e catálogo artístico, pois tratam-se de esculturas únicas e singulares, que se tornaram emblemáticas na divulgação, junto de grupos acolhidos no âmbito do projeto UNESCO, em homenagem a Aristides de Sousa Mendes.

Neste sentido, a Escola Básica tem sido palco de acolhimento de vários grupos estrangeiros, assim como nacionais no contexto de intercâmbios culturais e temáticos. Assim, e porque alguns anos passaram, não obstante o cuidado sistemático na manutenção destes elementos pelos assistentes operacionais da Escola Básica Aristides de Sousa Mendes, este ano foi proposto no PAA a recuperação visual do “Tributo ASM 2004”, nomeadamente a pintura.

 Os alunos das turmas do 9ºD e 8ºD, orientados pela docente Josefa Reis, executaram esta tarefa de recuperação, pintando o conjunto dos elementos escultóricos que compõem o “Tributo ASM – 2004”. 

 

Texto e Fotos: Josefa Reis

Ler 224 vezes
quinta, 29 junho 2017 08:43 In Notícias AECS