Acolhimento de Grupo de Escuteiros ECLAIREUSES ECLAIREURS ISRAÉLITES DE FRANCE

    No dia 13 do corrente mês, a Escola Básica Aristides de Sousa Mendes acolheu um grupo de escuteiros israelitas de França, no âmbito do Projeto UNESCO do Agrupamento, numa iniciativa de homenagem a Aristides de Sousa Mendes.

    Este foi um dia intenso de atividade e de emoção. A receção contou com a atuação de elementos, alunos do 9º D, do Grupo de Cordas da Sociedade Filarmónica de Cabanas de Viriato, que apresentaram um repertório constituído por música de intervenção e popular. A sessão de abertura contou, para além da presença do Senhor Diretor, com o Senhor Vice- Presidente da Câmara Municipal e com o Dr. Luís Fidalgo, da Fundação Aristides de Sousa Mendes.

    Depois da sessão de abertura, a equipa UNESCO, constituída pelas Professoras Dores Fernandes, Helena Romão e Josefa Reis apresentaram, respetivamente, o projeto, a biografia de Aristides de Sousa Mendes “A Righteous Amoung the Nations” e o tributo construído aquando do cinquentenário da sua morte, que suscitaram vivo interesse na plateia, dado ser esse o mote da sua deslocação a Cabanas de Viriato.

    Os visitantes foram desafiados a criar um mural de consciência em azulejos, tarefa artística na qual se empenharam ativamente e com grande sentido de responsabilidade. Este será erguido oportunamente num espaço ainda a definir. A terminar o programa da parte da manhã, o grupo foi presenteado com alguns miminhos: uma revista bilingue (Português e Inglês) com a descrição do Tributo ao cônsul, do espaço exterior da Escola, um passaporte, com a breve biografia deste humanista e no qual constam o certificado de presença e o programa, e ainda um saquinho de chá de tília, estes últimos com grande valor simbólico. O passaporte numa evocação do ato de passagem dos Vistos e a tília pelo facto de a Tileira ser a árvore preferida de Sousa Mendes. A Câmara Municipal ofereceu o filme O Cônsul de Bordéus, de António Manso, além de folhetos turísticos.

    Após o almoço, o grupo realizou a visita à Casa do Passal, Igreja de S. Cristóvão e jazigo da família Sousa Mendes. A concluir, no Edifício Campos Lobo e com o apoio da Junta de freguesia de Cabanas, puderam apreciar uma peça musical (recriação de “Maria Faia”, de Zeca Afonso) do Quarteto Contratempo, também este formado por alguns alunos do Agrupamento, em vídeo, dada a impossibilidade da sua presença física e ainda alguns poemas lidos de forma expressiva por alunos do 9º D.

    Pela aprendizagem e pelo rasgar de horizontes que possibilitou, podemos considerar que o balanço da atividade é muito positivo. O grupo partiu satisfeito, quer com o acolhimento que consideraram muito caloroso, como é apanágio das gentes da Beira, quer pela vivência que expressaram ser memorável, pelo que contarão aos seus netos.

 

A Equipa UNESCO

Ler 191 vezes
quarta, 15 fevereiro 2017 14:07 In Notícias AECS